Thursday, 19 January 2012

Amor Verdadeiro: Dois Desconhecidos Vivendo Juntos!


Tenho que confessar uma coisa. Me sinto tão distante do meu marido neste momento. Vivemos como dois conhecidos compartilhando a mesma casa. Ele vive sua vida e vivo a minha. Se eu pudesse ser realmente honesta,  teria que admitir que não estou mais apaixonada por ele. Na realidade, estou seriamente considerando o divórcio.

Amiga, esses pensamentos são familiar a você? Você chegou a um ponto em que parece que seu casamento foi o maior erro da sua vida? Bem, vivendo de um dia para outro,fazendo as mesmas coisas repetidamente, não mudará a dilema em que você se encontra. Obviamente, o que está fazendo no seu casamento não está dando certo. Você precisa de um plano!

Bem, é aí que eu entro :-)! Uma das coisas que traz a distância em casais, é não ter interesses comuns. Ele gosta de futebol, você gosta de filmes, e porque não se dão bem, você sente-se aliviada quando ele sai para assistir um jogo de futebol com seus amigos. E ele também sente-se aliviado quando você vai assistir filmes com suas amigas. Torna-se um ciclo vicioso. Vocês não se dão bem, porque não passam tempo juntos, e não passam tempo juntos, porque não se dão bem. Está vendo o que quero dizer? De uma maneira ou outra, esse ciclo precisa ser quebrado, para que um novo ciclo - um ciclo bom - possa começar.

Vendo que, entre vocês dois, o único que você pode controlar é você mesmo, quebrar esse ciclo tem de ser sua responsabilidade. Eu estava prestes a dizer: 'Se você quiser salvar o seu casamento’, você precisa fazer o seguinte. Mas, talvez sua situação está tão mal, que nem sente a vontade de salvar seu casamento. Então, faça o que eu estou prestes a lhe dizer por causa dos anos que você investiu neste casamento, porque seu sonho merece um esforço maior.

Vocês dois precisam passar tempo um com o outro. Precisam começar a fazer atividades juntos e investir em interesses comuns – isso quer dizer, vá junto com ele para o jogo de futebol ou com ela para assistir o filme temido. Em vez de fazer as unhas no quarto, senta-se ao lado dele enquanto ele jogar seu jogo de vídeo. Acompanhá-lo quando sair para fazer as coisas que ele ama fazer. Talvez, no início vocês se aborreceram um com o outro e acabaram se discutindo. Possa até aparecer que não esteja dando certo. Mas,quer saber o que vai acontecer? Você vai começar a observá-lo fazendo coisas que ele gosta. Você vai vê-lo rir, se divertir, se descontrair e ser vulnerável. Isso é contagiante. Você vai parar de vê-lo como o monstro que arruinou sua vida e vai começar a vê-lo como uma pessoa com sentimentos. É assim que o muro entre vocês vai começar a quebrar e, com tempo, voltará a gostar estar perto dele e será mais compreensivo para com ele.

Mas, Moti, isso é quase impossível. É muito difícil estar no mesmo quarto que ele. Como é que vou passar tanto tempo com ele? Eu sei ... Hollywood nos levou a acreditar que tudo isso aconteceria automaticamente, não é? Mas amiga, amor verdadeiro não é egoista, amor verdadeiro é escolher fazer alguém feliz – escolher ser o sonho realizado de alguém. Quanto mais se esforçar a fazer seu parceiro feliz, mais valiosa se tornará para ele e mais ele retribuirá seu amor. Isso é amor verdadeiro!

1 comment:

  1. "escolher ser o sonho realizado de alguém".
    Creio que a senhora definiu muito bem o que é amor verdadeiro.
    Esse post me esclareceu as ideias, realmente nós resolvemos que não vale mais a pena porque enxergamos o outro como um mostro que está destruindo a nossa vida, e não como um ser humano que tem sentimentos assim como nós.

    ReplyDelete