Monday, 30 January 2012

Moti Responde: Estou Pensando em Deixá-lo por um Tempo



Eu estava lendo seu blog chamado Amor Verdadeiro: Dois Estranhos Vivendo Juntos e, para dizer a verdade, eu sou tudo que você escreveu, e muito mais, com meu marido. Não conversamos e não fazemos nada juntos e temos sido assim por anos agora (estamos casados ​​seis anos). O problema é que a única coisa que ele gosta de fazer é dormir comigo e é a pior coisa que eu gosto de fazer na minha vida. Eu tentei falar com ele repetidamente e até tentei dormir com ele como ele quer, mas ele não faz nada que eu gosto em troca. Eu só gosto de falar e andar com ele e ele nem quer fazer isso. Desisti do meu casamento e não me importo o que acontece em seguida. O pior é que eu estou na igreja e ele não, mas eu falhei. O que devo fazer? Só quero ir longe dele por um tempo, para que possa, pelo menos, começar a sentir falta dele e pensar nele novamente. Talvez então possa começar tudo de novo com ele.

Por favor me ajude!



Querida amiga,


Quando li seu e-mail, tenho que admitir que me senti um pouco sobrecarregada. Eu tinha tanto a dizer e não sabia como condensar tudo nesta resposta. Então, cara amiga, aconselho você continuar a seguir fielmente essa série Amor Verdadeiro, pois há certas coisas e certas respostas que virão em posts seguintes, e você começará a entender mais sobre o amor verdadeiro.

Agora, vamos nos concentrar no que percebo ser a raiz do seu problema. Você ainda não percebeu o poder que tem para mudar sua situação. Se você tivesse percebido, você não estaria pensando em desistir. Você ainda não está consciente quanta influência você tem sobre seu marido. No momento, você tem colocado expectativassobre ele e está esperando ele mudar, que é como um dos pais esperar seu filho mudar,antes que possa se tornar um bom pai. Eu não estou dizendo que você é mãe do seu marido, de jeito nenhum. O que estou dizendo é que, você é a metade influente do seu casamento, e esperar ele mudar está levando você a sacrificar o seu poder de influência.

Não é uma coincidência que a Bíblia diz que uma mulher (em vez de homem) sábia edifica a sua casa, enquanto uma tola a destrói. Esse versículo simplesmente mostra que nós mulheres, temos poder sobre a nossa casa – o poder de construí-la e derrubá-la. Então, vamos ver maneiras que você pode começar a construir sua casa...

Em primeiro lugar, retirar-se da sua casa certamente não é uma maneira de construir sua casa. Aconselho você a não ir embora, especialmente agora que o clima entre vocês está tão instável. Você não vai começar a sentir falta do seu marido, como você acha que vai, você vai acabar esquecendo dele. Essa é a maneira mais rápida para acabar com seu casamento.

Em segundo lugar, comece a colocar na sua mente que depende de você mudar seu casamento e não dele. Sei que isso é provavelmente a última coisa que quer ouvir, mas é verdade. É sua responsabilidade. Como tal, você precisa parar de olhar para coisas erradas que ele faz e começar a olhar para coisas erradas que você faz. Do seu e-mail já sei o que seu marido faz que lhe magoa (na sua opinião), mas o que você faz que o magoa? Comece a identificar coisas em você que estão afastando e magoando seu marido. Uma vez que identificá-las, comece a mudar imediatamente. Fazendo somente isso deve fazê-lo olhar para você de uma forma diferente e inspirá-lo a lhe tratar melhor. Lembre-se de continuar a visitar o blog toda terça-feira, para aprender mais coisas que você pode fazer para mudar seu casamento.

Por fim, sabe aquele pensamento que você teve no fundo da sua mente, enquanto lia meu e-mail, que dizia que seu casamento não poderia ser salvo? Isso é uma mentira pura! Amiga, quando você me pediu ajuda, você começou a salvar seu casamento, não porque eu sou o Salvador, de jeito nenhum!!! Mas, porque quando procurou ajuda, você declarou que não estava desistindo do seu casamento e que desejava construir sua casa. Caso contrário, você estaria enviando seu e-mail para um advogado de divórcio. Fique firme nessa declaração! É possível, sim!

(Se tiver uma pergunta e gostaria que eu a respondesse, mande-me um e-mail para moti.answers@gmail.com)

No comments:

Post a Comment